A retomada do Campeonato Paranaense está cada vez mais próxima. Após a liberação da abertura de igrejas e shoppings no estado, a Federação Paranaense de Futebol e os clubes aumentaram a pressão para que os treinamentos presenciais e partidas, sem público, voltem a acontecer.

Coritiba, inclusive, já anunciou em seu site oficial o retorno das atividades presenciais no CT da Graciosa, nesta segunda-feira (25), mesmo ainda sem a liberação oficial da Secretaria Estadual de Saúde. Em nota oficial, o Coxa explica que atletas e comissão técnica “seguirão uma agenda de atividades presenciais respeitando critérios de segurança à saúde”.

Conforme o Blog do Cristian, o lobby pela volta do Paranaense é liderado pelo presidente da Federação, Hélio Cury, e pela própria diretoria do Coxa. Tanto a entidade como o clube entendem que as partidas já deveriam ter sido retomadas no estado.

Athletico e Paraná, por sua vez, também apoiam a retomada nos bastidores, com protocolos prontos para a volta dos treinamentos e jogadores e comissão técnica de sobreaviso para as voltas aos respectivos centros de treinamentos, após o aval das autoridades. Operário e Londrina também estão na mesma situação.

Apesar da movimentação e da expectativa de que a liberação de treinamentos seja anunciada em breve, ainda não há uma previsão de datas para o retorno das partidas. Ainda não se sabe, por exemplo, qual será o efeito da liberação em relação a possíveis casos de coronavírus entre atletas e demais profissionais.