Restam agora apenas cinco compromissos para o fim da disputa e o time ainda precisa buscar resultados para se garantir na elite do futebol nacional em 2020. O Coxa chegou a 53 pontos, e segue na terceira colocação. O Sport era um grande oponente a ser batido. O Leão da Ilha é o vice-líder da competição e, mesmo com o resultado, se manteve na posição, com 57 pontos, cada vez mais perto do acesso.

O jogo começou com o Coritiba tentando pressionar o adversário nos instantes iniciais, apostando nos contra-ataques, mas parou nos erros de passes e nas finalizações sem perigo. Porém, o domínio parcial não durou e foram os visitantes que mandaram no jogo em quase todos os 45 minutos iniciais.

Com o controle do Sport, o time coxa-branca começou a ficar mais nervoso e passou a apelar para as faltas para frear o ímpeto dos pernambucanos. Robson e Giovanni foram amarelados com um minuto de diferença e Sabino também levou cartão já no fim da primeira etapa. Mesmo jogando em casa e precisando do resultado, o Verdão não conseguia mostrar repertório para criar perigo e ficava na defensiva.

Jogo foi muito truncado no Couto.

 

 

Ainda que o Leão tenha permanecido com mais posse de bola, e tenha finalizado sem sustos para o goleiro Alex Muralha, o primeiro tempo foi morno e nenhuma das duas equipes criou sequer uma chance clara de gol. Na segunda etapa o Verdão voltou a campo com uma postura mais agressiva, mas não conseguiu sair do bloco fechado da defesa do Sport. Mesmo com intensas trocas de passe, o Coxa não conseguia ser eficiente para criar finalizações.

A primeira oportunidade de grande perigo de todo o jogo aconteceu para o lado do visitante. Aos 16 minutos, Guilherme cobrou escanteio e Hyuri cabeceou para baixo. A bola passou na frente de Muralha, cruzou a meta de uma ponta a outra rente à linha do gol e saiu.

Apostando na velocidade do contra-ataque, Juan Alano conseguiu uma bola no meio de campo, aos 20 minutos, e avançou rápido, porém foi alcançado por dois marcadores na entrada da área e a finalização saiu muito fraca. A melhor chance do Alviverde chegou aos 32, com Thiago Lopes, que recebeu uma bola enfiada de Robson, tentou se adiantar e tocar na saída do goleiro Luan Polli. Contudo, o arqueiro chegou antes e interceptou a tempo.

Sem conseguir produzir, o Alviverde poderia optar, ao menos, para abafar o controle de jogo do adversário, porém, não conseguia eficiência em nenhum setor. Com isso, mesmo jogando com uma postura defensiva e sem arriscar em sua própria casa, o ponto conquistado no empate saiu como um bom negócio para a equipe. O próximo compromisso do Alviverde será na próxima sexta-feira (08), frente ao Figueirense, no Orlando Scarpelli.

Ficha técnica

SÉRIE B
33ª Rodada – 2º Turno

CORITIBA 0X0 SPORT

Coritiba
Alex Muralha; Diogo Mateus, Nathan Ribeiro, Sabino e William Matheus; Serginho (Thiago Lopes), Matheus Sales, Juan Alano e Giovanni (Igor Paixão); Robson (Igor Jesus) e Rodrigão.
Técnico: Jorginho

Sport
Luan Polli; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias, Charles e Leandrinho (Marquinho); Hyuri (Marcinho), Guilherme e Hernane (Elton).
Técnico: Guto Ferreira

Local: Estádio Couto Pereira
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Robson, Giovanni, Sabino (COR); Norberto (SPO)
Renda: R$ 225.206,50
Público Total: 15.793